TAG prepara primeira chamada pública incremental
Transportadora de gás natural quer identificar agentes interessados por capacidade de transporte de gás natural que demandem a ampliação de sua infraestrutura; empresas ou consórcios têm até o dia 10 de março para se inscrever
8 de fevereiro de 2021

A Transportadora Associada de Gás – TAG inicia, nesta segunda-feira (8), a etapa de mapeamento das demandas de mercado para a realização de sua Chamada Pública Incremental. O objetivo é identificar empresas ou consórcios interessados em capacidade adicional que demande a ampliação do sistema de transporte de gás natural da empresa no país. Conduzida indiretamente pela TAG, sob supervisão da ANP, a Chamada Pública Incremental visa suprir as demandas por serviço de transporte que atualmente não podem ser atendidas pela capacidade disponível na infraestrutura existente.

 

As informações detalhadas desta etapa podem ser acessadas na página da TAG (ntag.com.br), na qual é possível obter o Formulário de Mapeamento de Demanda. Qualquer agente interessado poderá informar sua intenção em contratar capacidade no sistema de transporte e tem até o dia 10 de março para enviar seu formulário. Podem participar produtores, importadores, consumidores livres e distribuidoras de gás.

 

De acordo com Ovidio Quintana, Diretor Comercial e Regulatório da TAG, a estreia da empresa em chamadas públicas tem como objetivo ampliar o acesso ao sistema de transporte, sendo a Chamada Pública Incremental também uma oportunidade de desenvolver novos projetos em logística de gás natural e promover o desenvolvimento econômico regional. “Essa iniciativa é um marco importante para permitir a entrada de novos agentes no setor, diversificar as fontes de suprimento e, em especial, fornecer os mecanismos adequados para viabilizar frentes importantes de negócios. Com a inclusão de um novo ponto de entrega ou de recebimento, por exemplo, há um aumento da capacidade do sistema de transporte de gás natural, gerando investimentos com efeitos multiplicadores para toda a economia”, diz Ovidio.

 

Nesta etapa que precede ao início da Chamada Pública Incremental, será mapeada a demanda por capacidade de transporte dos agentes interessados, identificando a necessidade de novos investimentos a partir das solicitações do mercado. Os interessados enviarão formulários com suas intenções não vinculantes que poderão resultar na ampliação ou construção de novos pontos de entrada ou saída no atual Sistema de Transporte. Na sequência, as capacidades solicitadas serão submetidas à avaliação técnica e econômica da TAG, visando à identificação dos projetos a serem ofertados no certame. O processo é conduzido de acordo com os critérios e a validação prévia da ANP, com o objetivo de otimizar a infraestrutura necessária para a prestação do serviço ao mercado.

 

A TAG detém a mais extensa rede de gasodutos de transporte do país, com aproximadamente 4.500 km, que respondem por 47% do total da malha de transporte de gás do país. São 3.700 km na região costeira do Brasil, passando por quase 200 municípios de nove estados brasileiros – Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro – e outros 800 km na Amazônia, em trecho que liga a região petrolífera de Urucu a Manaus, no Amazonas.

SOBRE A TAG

A TAG é controlada pela ENGIE, maior empresa privada de energia do Brasil, atuando em geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, transporte de gás e soluções energéticas, em consórcio com a Caisse de dépôt et placement du Québec (CDPQ), investidor institucional de longo prazo que administra fundos principalmente para planos de previdência e seguros públicos e parapúblicos.